Últimas Publicações

O que há de novo?

Criando um Estilo Próprio – Porque é Tão Difícil (e Tão Fácil)

"Você sabe que não tem estilo porque se misturar seu desenho ou artigo no meio do trabalho de outra pessoa ninguém será capaz de distinguir seu trabalho como único." Então como fazer para desenvolver seu próprio estilo, sua própria voz? O escritor Sean D'Souza tem algumas dicas. Confira!

7 coisas que aprendi – por Davi Paiva

"Muitos autores iniciantes querem copiar estilos de vida de escritores consagrados acreditando que ali está a fórmula do sucesso. Você não pode e nem deve querer ser o novo Dan Brown." Hoje a palavra é do escritor Davi Paiva, autor de "Cavaleiro Negro". Confira agora mesmo!

7 Hábitos de Escritores Altamente Produtivos

"As pessoas dizem que sou produtivo. Contudo, não passo o dia todo escrevendo. Não é preciso se dedicar em "tempo integral" para ser um escritor produtivo. E neste artigo você verá a razão." Confira as dicas do escritor freelance Henri Junttila.

Escrever te Faz Sentir-se um Fracasso ou Fraude? (E Como isso Pode Impulsionar Sua Criatividade)

"Se escrever te faz se sentir uma fraude ou um fracasso, então você deve ter experimentado a versão do inferno de T. S. Eliot onde "nada se conecta com nada". Isso é bom. E não sou louca." Veja o que Cheryl Craigie tem a dizer sobre essa sensações comuns.

Supere a Procrastinação com Estas Estratégias Fáceis

"Procrastinar significa dizer que você está vivendo em plena terra do 'deveria'. E quando foi que 'deveria' já serviu para alguma coisa? Você consegue aprender a ser mais gentil consigo mesmo? O que você pode fazer para voltar a ser focado, eficiente e criativo?" Confira as dicas da escritora Gail Brenner.

A Nostalgia em “The Country of the Pointed Firs” de Sarah Orne Jewett

"O foco da escritora é o desenvolvimento de um ambiente que permita aos leitores uma percepção aguçada das histórias de sofrimento e desilusões vividas pelos personagens." Confira mais uma análise de Artur Salles Lisboa de Oliveira.

7 coisas que aprendi – por Cassionei Niches Petry

"Aprendi só agora, depois do terceiro livro, a não me desesperar, não escrever mais “textão” no Facebook lamentando o público escasso do lançamento do livro, não me iludir com parabéns e “likes” que não resultam em compra da obra. Escrevo e pronto." Hoje a palavra é do escritor publicado Cassionei Niches Petry. Confira já!

7 coisas que aprendi – por Paulino Júnior

"Considero importante que o escritor eleja um único tema para perseguir e se confrontar. Com tantos temas intrigantes, instigantes e fascinantes, o desafio começa aí." Hoje a palavra é de Paulino Júnior, autor de "Todo maldito santo dia", eleito pela Academia Catarinense de Letras como ‘Melhor livro de contos publicado em 2014’. Confira!

Os Frankensteins ainda estão Vivos

"A leitura de "Frankenstein" de Mary Shelley nos faz sentir que a autora está falando por todos nós. Nada pode ser mais contemporâneo do que certos temas envolvidos na narrativa tais como ambição, cobiça, violência, desespero e rejeição." Confira a interessante análise de Artur Salles Lisboa de Oliveira.

7 coisas que aprendi – por Luisa Geisler

"Muitas pessoas que falam comigo se comparam com o fato de que escrevi e publiquei um livro antes dos 20 anos de idade. A questão da idade é só uma causa de ansiedade na sua cabeça." Com a palavra, a escritora Luisa Geisler, duas vezes vencedora do Prêmio Sesc de Literatura. Confira!
Seguir

Inscreva-se e receba notificações de novos artigos por email.

Junte-se a outros seguidores.