Li e Comento: O matagal (Conto)

PenaPenaPenaPena

Saiba antes de ler: além de romances e livros sobre a arte da escrita, tenho o hábito de ler historietas avulsas por aí. Senti a vontade de comentar sobre esses textos breves, portanto, eu comentarei por aqui sobre contos, novelas e outras leituras mais enxutas. Note-se que este post não é uma resenha, mas um apanhado de considerações breves suscitadas após a leitura do texto.

Escrito pelo falecido escritor americano Steven Utley, O Matagal foi publicado na primeira edição nacional da Isaac Asimov Magazine – Ficção Científica (Record, 1990). O conto tem uma atmosfera óbvia, embora destaque-se por apresentar uma pegada mais psicológica.

A narrativa é desenvolvida em torno de um biólogo que se acidenta numa expedição a uma floresta tropical. Enquanto aguarda seu resgate, o protagonista medita sobre si e relembra a infância passada numa Okinawa pós-guerra.

Não se deixe enganar pela sinopse, afinal, o conto está numa revista de ficção científica. Os aspectos do gênero estão lá, revelados pouco a pouco pelo autor. As divagações do biólogo sobre seu passado e, especialmente, sobre certo pavor infantil, parecem despropositadas a princípio, mas são essenciais para o excelente desfecho do conto, o qual sela o destino do seu protagonista. Ou não?

Para saber mais:
  1. Li e Comento: minhas breves considerações sobre contos, novelas e outras narrativas curtas.
  2. Impatient Ape – Steven Utley: blog que o autor costumava manter (em inglês).
  3. Free Speculative Fiction Online: alguns trabalhos do autor disponibilizados gratuitamente; é uma pena que O Matagal (The Tall Grass) não se encontre entre eles (em inglês).
  4. The Internet Speculative Fiction Database: perfil e bibliografia do autor (em inglês).
  5. Science Fiction Encyclopedia – Steven Utley: biografia do autor (em inglês).


Comente à vontade!

Ou opine pelo Facebook:

Seguir

Inscreva-se e receba notificações de novos artigos por email.

Junte-se a outros seguidores.

%d blogueiros gostam disto: