Dia 11: Focando – 30 Dias de Construção de Mundo

WorldbuildingEste é o décimo primeiro de 30 artigos sobre construção de mundos escritos por Stephanie Cottrel Bryant e traduzidos por muá, Diogo Ruan Orta. Publicado em 2007 para participantes do NaNoWriMo, este tutorial prático e baseado em livros sobre o tema permanece uma ferramenta útil.

Ontem relacionamos a ambientação e cultura gerais. Hoje vamos estreitar o foco e começar a detalhar certos aspectos do nosso mundo. Pegue seu caderno e um relógio aí e separe alguns minutinhos para a leitura e o exercício do dia.

Quer mais dicas? Vá ao perfil WattPad do T. K. Pereira e procure por um livrinho chamado Guia do Construtor de Mundos. Recomendo dar uma conferida, já que os textos de lá complementam os deste tutorial – sim, foram escritos pela mesma autora. Segue o chefe por lá pra ficar por dentro.

30 Dias de Construção de Mundo, por Stephanie Cottrell Bryant
Dia 11: Focando

O exercício de hoje é expandir uma área de cultura que você criou para seu mundo. Temos o esqueleto de uma linha temporal, os elementos básicos do idioma, o esqueleto dos cenários econômicos e políticos. Hoje, escolha uma dessas áreas para detalhar. Se você está escrevendo um romance com um enredo mais político, detalhe a política e a economia.

Taverna - Cultura - RPG - Heróis - FantasiaSe você está escrevendo algo que pareça mesmo “alienígena”, ou se você está escrevendo alta fantasia, detalhe os idiomas. Se você está escrevendo uma história cujo enredo se apoie no passado, complete sua linha temporal (o que pode não ser necessário caso o romance seja uma sequência).

História:

Escreva uma linha temporal completa para seu cenário (basta os últimos 500 anos, ou por aí, a não ser que seus personagens tenham vidas muito longas ou grandes forças anteriores a esse período tenham abalado o mundo) e escreva também linhas temporais para a vida de seus protagonistas até o início do romance. Tome notas de como tais forças impactarão a história mais tarde (ex.: expansionismo de 100 anos atrás hoje levará à revolta nas Ilhas; o herói vive lá e será pego no meio da revolução).

Economia/Política:

Descreva em um único parágrafo cada grande corpo político (governos, reinos, igrejas, facções, forças econômicas, confrarias, etc.) e os nomeie agora para que você possa se referir a eles mais tarde. Se quiser, dedique um tempo adicional e escreva uma sentença sobre como 3 de seus grupos (os 3 mais importantes) se sentem em relação a todos os demais grupos.

Nomes e Idiomas:

Escreva um glossário ou léxico breve para algumas palavras comuns ou importantes (como rocha, pássaro, cavalo, rei, vau, rio, córrego, montanha, fortalezas, vila, magia, forasteiro, etc.). Esses podem ser combinados ou descartados de modo a criar nomes de locais tanto quanto sobrenomes e até mesmo primeiros nomes. Escreva cinco nomes de locais e cinco nomes de personagens que você pode usar quando precisar. Se quiser, leve um tempo extra e preencha agora seu mapa com nomes apropriados de locais.

Amanhã tem mais exercício! Quer compartilhar o seu? Use os comentários. 😉
Direitos

Os exercícios de construção de mundo estão sob uma licença Creative Commons que permite tradução, distribuição para grupos de escrita, venda (com permissão), reimpressão (para uso não comercial) ou cópia exata, todos com os devidos créditos à autora do texto original, Stephanie Cottrell Bryant.

Esta tradução NÃO pode ser distribuída de forma alguma senão em trechos curtos dos textos (até 100 palavras), desde que seja visivelmente dado crédito ao tradutor (Diogo Ruan Orta) e desde que haja um link direcionando para o site Escriba Encapuzado.

Favor respeitar o trabalho árduo de tradução do amigo Diogo.

Para saber mais:

  1. Dia 10: Ambientação e Cultura – 30 Dias de Construção de Mundo: neste décimo exercício da série, vamos relacionar ambientação e cultura para encontrar a identidade de nosso mundo.

Especial NaNoWriMo:

  1. 30 dias para escrever um livro – saiba mais sobre o evento no primeiro artigo da série sobre o evento.
  2. As críticas e o valor do desafio – saiba porque o evento é visto com desconfiança por escritores e demais profissionais do mercado editorial.
  3. Como escrevi um livro em 30 dias – onde detalho minha participação no evento em 2012.
  4. Diário de escrita – onde falo sobre valor de se manter um diário e compartilho o meu próprio.
  5. Guia de sobrevivência – dicas para aqueles que ousarem aceitar o desafio!
  6. National Novel Writing Month: página oficial do evento (em inglês).
Sem opiniões

Comente à vontade!

%d blogueiros gostam disto:
%d blogueiros gostam disto: