"A leitura de "Frankenstein" de Mary Shelley nos faz sentir que a autora está falando por todos nós. Nada pode ser mais contemporâneo do que certos temas envolvidos na narrativa tais como ambição, cobiça, violência, desespero e rejeição." Confira a interessante análise de Artur Salles Lisboa de Oliveira.